quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Aquele primeiro Oi!


Oláááá.. muitos que vão ler aqui já me conhecem, mas alguns não. Então pra começar, let me introduce myself:
Me chamo Franciele Ribeiro, tenho 20 anos (mais perto dos 21 que dos 20 já), sou gaúcha TCHÊ, nascida e criada em Santa Maria, estou no 3° semestre da faculdade de Enfermagem e sou totalmente apaixonada pela profissão que eu escolhi!
Moro com meus pais, sou a caçula da família.  Tenho um irmão (Eduardo) e uma irmã (Michele). E claro: um sobrinho lindo demais, o Miguel (vocês vão ouvir falar muuuuuuuuito dele por aqui, no doubt of that).
Resolvi criar esse blog pra contar sobre a minha experiência como intercambista, mais especificamente, como Au Pair.
Sempre tive muita facilidade com a língua inglesa  e sempre estudei sozinha, me esforcei pra aprender mais. Esse ano eu coloquei na cabeça que ia fazer um cursinho e assim fui, visitei várias escolas da minha cidade até que me decidi pela PBF, fiz a prova de nivelamento e entrei no último semestre (fiquei meeeeeega feliz, né).
Eu sempre quis fazer intercâmbio pra um país que tivesse inglês como língua mãe (ODEIO ESPANHOL), mas sempre pareceu uma coisa distante, mais um sonho do que algo palpável mesmo. Até que minha amiga Gi me veio com a seguinte proposta: "vamos fazer intercâmbio juntas?”. E nisso deu aquele "plim", sabe? Ela veio com a idéia de nos tornarmos Au Pairs e eu confesso que nem sabia o que era isso. Intercâmbio pra mim era direto pela universidade, algo "seguro", até porque via intercâmbio "particular" como  caro.
Bom, e o que é uma Au Pair? Vou explicar como explico pras pessoas que me perguntam: Vou ser a irmã mais velha, trabalhar como babá da família que me escolher e estudar na universidade local... beeem resumido é isso.
Conversamooos muito, pesquisamos muuuito (ela já tinha pesquisado horrores), até que, finalmente, criei coragem e fui conversar com meus pais, #medinho total! No início eles ficaram em choque, até porque querendo ou não eu sou o bebê da casa. Mas no final aceitaram, porque como minha mãe disse "quando tu veio nos falar, tu já estava decidida, e não vamos empacar teus sonhos". Ouvi muuuuuuuuuito sermão e muita baboseira como "TU NÃO ESTÁ INDO PRA CASAR COM AMERICANO, NÉ?!" ¬¬ Mas, acho que faz parte (ou não, rs).
Optei pela  CC, pois foi a empresa que achei mais segura e não pelo blablá que é que a mais tem famílias disponíveis, pois isso é impossível ter certeza. A Cultural Care é especialista neste tipo de intercâmbio e me dá cobertura aqui no Brasil e nos USA, é a única que tem base aqui e lá.
Vou por aqui do lado as datas importantes, como palestra, teste de inglês e tudo mais que envolve o processo de se tornar Au Pair.
Mas vou dar uma resumidinha aqui: A CC não tem representante em SM, tive que ir até POA pra assistir a palestra obrigatória. Lá se fomos, eu, a Gi e a mãe dela, chegamos lá uma pilha de nervos, confesso que não ficamos sabendo nada que já não soubéssemos, afinal tínhamos pesquisado muito, muito mesmo. A palestra só serviu pra me deixar mais certa que era isso que eu realmente queria pra mim. O representante falou que seria só coisa boa? Pelo contrário, nos contou cada história braba, mas justamente pra não nos decepcionarmos e voltarmos com o rabinho entre as pernas.
Próximo passo? O dossiê/application.. e olha, que coisa chatinha de fazer! Responder 1837384 perguntas (all in english), juntar as referências de "trabalho" e pessoais, atestado médico EM INGLÊS, fazer a foto-colagem e a tão temida caaaaarta.. confesso que a carta pra família foi o que eu mais adiei, terminei no dia anterior ao que fui entregar os papéis em POA. Cheguei lá, nervosa até não poder mais com o teste de inglês.. e foi super tranquilo, são 8 níveis, sendo o 8o somente para nativos.  Eu fiquei no nível 6 que é o avançado, fiquei orgulhosa de mim.. pra quem que estava fazendo inglês há 3 meses, até que me saí bem, né?! :P Ele foi fazendo o teste de inglês e o de personalidade ao mesmo tempo (pra quem não sabe, o seu representante escreve uma carta sobre você, descrevendo seu caráter, sua personalidade, basicamente o seu jeitinho mesmo e ela vai anexada ao teu dossiê pras famílias), a pergunta mais esquisita que ele me fez foi "O que tu acha que fez teu [ex] namorado se apaixonar por ti?".. Porque ele disse pra eu me descrever, e eu disse que não ficava a vontade me dando elogios e tal e pedi dicas (hahahaha, sim.. nessas exatas palavras), e ele me solta essa. Mas me saí super bem pelas coisas que ele me falou no final do teste, escreveu bastante coisa boa e realmente fechou com o que eu sou. A próxima parte seria o teste de emergência, sinceramente o meu durou 30 segundos, acho que nem isso: B-A-R-B-A-D-A! Agora é esperar e ficar online, certo? Errado! Eu fiz as minhas referências todas online, mesmo as que fizeram em português, já que no site tinha a oportunidade de eu traduzir ali mesmo.. big mistake! Tive que refazer todas as de trabalho e escolher uma pessoal pra fazer o mesmo e daí enviar por sedex pra POA, pra ele enviar pra SP e de SP ir pra Boston.. ou seja, meu processo ficou empacado! Só consegui reunir tudo e mandar dia 27/10, uma semana depois que tinha ido, e só recebi o email que estava inscrita no programa dia 05/11, fiquei online dia 10/11 (ontem)... agora é esperar (espero que não muito).
Voltando a minha persona, achei uma boa idéia fazer tipo um bate bola, pra simplificar a apresentação:



Franciele por Franciele: Uma mulher cheia de sonhos, idéias e planos que não aceita  não como resposta!
Uma hora: Anoitecer.
Uma cor: Rosa.

Uma flor: Tulipas vermelhas.
Um animal: Borboleta.
Um número: 13.
Um mês: Julho.
Uma estação do ano: Inverno.
Uma comida: Lasanha.
Uma bebida: Sprite.
Um esporte: Handebol.
Amizade: Algo indispensável.
Dinheiro: Não traz a felicidade, mas manda buscar.
Família: Um porto seguro. 
Um filme: Comer, rezar e amar.
Uma música: I am a Woman  (Helen Reedy)  


Desculpe por esse post meio sem nexo e hiper longo...
Prometo que os outros serão melhores e menores, rs!
Beijos, Fran.

6 comentários:

  1. quero um ipad de la, ah e tambem vou sentir saudades de ti, mas só um pouquinho ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante, e extremamente cativante!
    Casa comigo quando voltar?
    Ah, e você precisa conhecer então minha renomada lasanha de cogumelos!
    =]
    Do amigo msnístico que conversa com você em inglês!

    ResponderExcluir
  3. Muito legal seu blog Francineide!!!
    Que história é essa de odiar español?!! cm asi chica?! nooooooooooooo

    não tem problema, deixa que eu gosto dele por vc tb!!!

    saudade

    beijo doce

    ResponderExcluir
  4. Oieeeee! Seguindo seu blog já ^^*
    Legal seu post de apresentação! Também tô indo pela CC, mas meu processo ainda tá na parte de pegar experiência, tirar CNH e passaporte. No máximo fevereiro quero terminar tudo isso pra poder fazer a inscrição. Queroa embarcar entre final de Julho à começo de Setembro. Parece adiantado, mas eu sou muito precavida. Sei que se eu deixar pra me inscrever em Abril, dificilmente vou conseguir HF pra embarcar nessas datas.

    Beijooo!
    PS: Vi que vc tá on há pouco tempo. Boa sorte! :)*

    ResponderExcluir
  5. uiiiiiiiiiiiiiii, muito lindo teu blog, desejo que futuramente tenha muitas noticias dos USA, muitas fotos, videos,bj e tudo de bom!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Huum ta muito xiiique essa minha amiga ! Daqui a pouco nem "adeus" não dá =P
    Brinks ..
    Parabens pelo BLog ta show! E te manda de uma vez pros States que eu não te aguento mais no Brasil !

    ResponderExcluir